Amor Próprio

Hoje acordei para mais um dia de batalha da vida. Vou mais uma vez correr atrás dos sonhos, repetir as mesmas falas, seguir os mesmos caminhos em busca de alguma certeza de futuro. Não posso me certificar, mas o futuro sempre traz alguma coisa boa para nós, pelo menos, comigo sempre foi assim. O mundo não é de todo ruim...
Como sempre tenho ouvido "a esperança é a última que morre" e eu costumo dizer que a minha nunca morre. Se tem uma coisa que eu prezo é a minha felicidade e é tão somente por isso que sempre parto todas as manhãs ao seu encontro. Nos caminhos às vezes tropeço, às vezes vejo coisas e pessoas que me desagradam, mas a vida é assim mesmo... A diversidade existe e com isso o que pensamos ser ruim ou errado para nós, também pode ser o inverso para os outros. Às vezes até fecho os olhos para o que me desafia ao corrompimento do meu ser, mas isso não se repete muito porque o meu eu é mais forte e me faz prosseguir, lutando pelo meu ideal.
Não devo mudar minha essência, pois foram tantos anos que me fizeram assim e o que se constroi deve ser preservado em manutenção.
Quero ganhar os meus dias e colecionar amizades e comungando coisas boas com elas, pois é assim que o mundo vai continuar em progresso para nunca se findar.
Vou insistir sempre na minha correria e teimosia, às vezes abrindo mão dos meus excessos, mas com a convicção de que o meu amor será sempre dividido entre o próximo e a mim mesmo.


Luiz Malvino
25mai2011

4 comentários:

✿ chica disse...

Lindo,malvino e seguir sempre em frente assim...Linda reflexão!

abraçs,ótimo dia,chica

Margarida disse...

Deus te abençoe nesse propósito!

Anônimo disse...

Cabe principalmente à família desenvolver o amor-próprio nas crianças. O ser que tem o amor-próprio em nível saudável tem segurança.
Digo sempre que meu amor a mim mesma tem me salvado de várias ciladas da vida e devo isto a meus pais, avós e tios que me fizeram crescer reconhecendo que sou uma pessoa capaz de muitas coisas.
Deus nos abençoou nos dando famílias assim e por isso devemos ser gratos. Que Ele nos abençoe sempre, e aos nossos também.
Bjs e até breve.Myrian

Fê Dutra disse...

Bela reflexão.
Parabéns pela sensibilidade.