Feliz Ano Novo

Búzios 2011 - foto: Luiz Malvino

QUERIDOS,

TODOS OS DIAS AGRADEÇO A DEUS A DÁDIVA DA VIDA E DA ALEGRIA QUE SINTO EM PODER CONVIVER COM AS PESSOAS QUE CONHEÇO.
UMA COISA É CERTA: VALE A PENA TER AMIGOS E PODER SABOREAR CADA MOMENTO COM ELES.
VALE A PENA CONTINUAR LUTANDO E MESMO DIANTE DOS DISSABORES PODER RACIOCINAR E PROSSEGUIR NOSSA CAMINHADA.
VALE A PENA PERCORRER TODAS AS TRILHAS, DESDE QUE SEJA PARA O BEM.
VALE MUITO A PENA CONTINUAR NOSSA TRAJETÓRIA E DIZER LÁ NA FRENTE: EU CONSEGUI !!!
TODA LUTA TERÁ A SUA RECOMPENSA, NEM QUE SEJA SÓ PELO PRAZER DE TER TENTADO...
NADA DE FRUSTRAR-SE,  CONTINUEMOS A NOSSA LUTA...
VALE A PENA ENCANTAR-SE COM A VIDA.
SE PERGUNTAREM O QUE É A VIDA PARA MIM, DE IMEDIATO, ME VEM À MEMÓRIA AS PALAVRAS DO GONZAGUINHA NA MÚSICA O QUE É, O QUE É: "ELA É A BATIDA DE UM CORAÇÃO... É BONITA, É BONITA E É BONITA..." E POSSO PEGAR CARONA NA SUA CANÇÃO, QUE É MAIS QUE UMA POESIA E ACRESCENTAR QUE A VIDA PODE NOS ENCANTAR COM TODA A SUA BELEZA.
EU SOU ENCANTADO PELA VIDA E EM CADA DESPERTAR AGRADEÇO A DEUS POR CADA MOMENTO VIVIDO E POR TUDO QUE EU POSSA RECEBER DELA.
TUDO QUE POSSA ME ACONTECER SERÁ, PARA MIM, UMA CONTRIBUIÇÃO PARA O MEU CRESCIMENTO COMO PESSOA E TUDO TEM A SUA RAZÃO DE SER...
DEPENDE DE NÓS MESMOS O RUMO A ESCOLHER PARA PROSSEGUIRMOS A NOSSA CAMINHADA E INDEPENDENTE DA ESCOLHA E MESMO A DESPEITO DESSAS ESCOLHAS VALE A PENA VIVÊ-LA EM SUA PLENITUDE.
SER ENCANTADO COM A VIDA É PODER SE DEIXAR LEVAR PELAS COISAS BOAS QUE ELA POSSA NOS PROPORCIONAR, DEIXANDO DE LADO E ESQUECENDO AS DESVENTURAS.
NADA DE BAIXO ASTRAL. AFINAL DE CONTAS DEVEMOS APROVEITAR AO MÁXIMO A MAGIA DA VIDA E INTERAGIR COM ELA SEMPRE COM O PROPÓSITO DE REALÇAR A NOSSA ESSÊNCIA.
DESEJO A TODOS OS MEUS AMIGOS MUITAS FELICIDADES NO ANO ANO QUE VEM CHEGANDO.
QUE POSSAMOS CONTINUAR MAIS UNIDOS AINDA, NOS APOIANDO UNS AOS OUTROS POIS É ASSIM QUE DEVE SER. A UNIÃO FAZ A FORÇA...
VAMOS APROVEITAR CADA MINUTO QUE PASSAMOS JUNTOS PARA NOS CURTIRMOS, NOS ABRAÇARMOS, NOS TOCARMOS, NOS AMARMOS, POIS ISSO TORNA TUDO MARAVILHOSO EM NOSSA VOLTA.
MUITA PAZ E SAÚDE PARA TODOS NÓS, NOSSOS FAMILIARES E AMIGOS.

LUIZ MALVINO
30DEZ2011

Bom Natal

Olá meus amigos, Depois de uma temporada longe da blogosfera, resolvi dar um pulinho novamente por aqui para desejar a todos os meus amigos e seguidores um feliz Natal repleto de alegrias. Que a luz Divina possa refletir no coração de todos a alegria, a esperança e o amor; que no ano novo que se aproxima, possamos nos curtir mais através das nossas mensagens que tanto nos ensina e alegra os nossos dias. Que possamos ter mais tempo - apesar da correria da vida - para estarmos presentes aqui neste espaço para que não nos percamos de vista. Quero agradecer a todos os meus amigos os comentários e mensagens postados e dizer que tudo parece um sonho: estar aqui, falar um pouco de nós, dividir nossas experiências, aprender com o outro e observar a vida, focando sempre a felicidade. Tudo faz parte de um sonho bom que podemos continuar, são sonhos que não podemos esquecer. Vamos entrar num novo ano com a mesma velha esperança de sempre, afinal de contas é ela quem nos fortalece na nossa busca por dias melhores. Vamos abrir o peito, buscar inspirações e mostrar ao mundo o melhor que pudermos para que nossos dias fiquem mais alegres. Vamos viver a emoção no melhor sentido da palavra e que esse sentimento seja uma constante no nosso dia a dia. Um grande e fraternal abraço a todos e muita paz no coração de cada um.

Luiz Malvino
12dez2011

O Tempo da Inocência

Minhas lembranças são de um tempo muito feliz de minha vida, que posso intitulá-lo “o tempo da inocência”. Eu era mais uma criança na minha cidade natal de Campos dos Goytacazes. Naquela época – anos 70 – o Brasil passava por uma transformação político-social na qual a ditadura e a censura imperavam e isso influenciava muito na educação das crianças e nas cidades do interior muito mais ainda. Eu vivia como a maioria das crianças no ceio familiar. Era a minha mãe quem gerava os recursos para que pudesse nos criar. Ela era separada do meu pai e enquanto trabalhava, meu irmão menor e eu ficávamos, cada um, na casa de uma de nossas tias – irmãs de nosso pai.
Tia Laerta

A minha tia Laerta era casada com um filho de italiano e a 
minha convivência naquela casa, para mim, foi de um valor inestimável. Eu era muito feliz com tão pouco. Bastava o carinho e a atenção da minha tia e dos meus primos que cuidavam de mim enquanto a minha mãe trabalhava.
De vez em quando o meu pai nos visitava e eu recordo a felicidade da minha tia com a sua chegada. Imagino que ela sabia que aqueles poucos instantes da sua presença nos trazia uma grande alegria e que isso era muito bom para a nossa criação.
Eu adorava ficar na horta. Eu tocava a bomba que enchia o reservatório de água para que meus primos regassem os canteiros de verduras que eles cultivavam com tanto esmero e carinho. Aquilo para mim era como se fosse um brinquedo. Eu adorava todo aquele movimento que me envolvia enquanto eu tocava aquela bomba d’água manual, que aos poucos, abastecia um grande tanque redondo. Depois eu saia correndo entre os canteiros daquela horta imensa onde eu passava grande parte dos meus dias. Grande parte da nossa alimentação vinha daquela horta maravilhosa.
É uma saudade boa que eu sinto daquele tempo, pois, apesar da minha timidez cultivei algumas amizades que, também, foram de muita importância na minha formação como pessoa.
Nossa escola era longe de casa e nós caminhávamos bastante para chegar. Na escola, o meu convívio era de muita dedicação. Eu adorava as aulas de português e de música. Aliás, a música sempre foi uma coisa marcante em minha vida. Eu assistia com muita atenção às aulas da Dona Ziza. Creio que minha aptidão para a música tenha surgido através da sua intervenção. Ela era muito exigente com todos nós, mas, todos, gostávamos muito das suas aulas. Sempre me lembro dela e como isso é bom.
Enquanto voltávamos para as casas de nossas tias, eu e meu irmão Roberto, caminhávamos, comentando sobre tudo que acontecia no nosso dia na escola. Assim o tempo passava e nem percebíamos. E ao chegar em casa a recepção sempre era calorosa. Eu era o mimo da casa. As atenções eram todas voltadas para mim a ponto de eu me sentir filho dos meus tios e irmão dos meus primos. Eu tratava a minha tia de mãe e minha própria mãe pelo nome, mas tudo era muito natural e sem traumas.
Minha vida não teria o mesmo valor e eu não seria uma pessoa feliz, se não tivesse esse passado tão rico. Uma riqueza de ternura e de amor que me foi presenteada por pessoas de uma simplicidade invejável.
Tia Laerta será para sempre em minha vida uma referência de ser humano e estará sempre acomodada em seu espaço cativo no lado esquerdo do meu peito e na minha memória de filho grato.


Luiz Malvino
14out2011

EMOCIONAR-SE

Lago Principal do Country Clube de Nova Friburgo

Vivemos num palco onde as emoções afloram a todo tempo em nós. E como isso é bom para a nossa alma. Emocionar-se é como ter o poder de iluminar-se e refletir essa luz, contagiando quem te rodeia; é impressionar-se a ponto de sentir o coração tocado; é viver se encantando com a vida, tornando-a o nosso melhor presente, aceitando-a com todo o contentamento possível...
O simples fato de despertar pela manhã, com saúde, tendo a luz do dia, gratuitamente a nos receber, com suas cores e nuances das mais variadas já é uma razão para a emoção. E se isso não basta, o que falar então do sorriso da criança, do abraço amigo e do calor humano que esse ato nos proporciona, da energia que flui do beijo da pessoa amada, do afago do filho, do sorriso inocente do netinho, da alegria desinteressada do cão a nos receber, da certeza de que, hoje, estamos no auge de tudo que pudemos até então alcançar e o quanto ainda poderemos crescer quanto seres humanos... Tudo isso e muito mais, na maioria das vezes, vivemos sem dar a devida importância e são motivos mais que plausíveis para nos emocionarmos e nos sentirmos felizes.  
Quero, sempre, embriagar-me de emoção e quero, também, poder emocionar e acreditar que a vida pode, em todo momento, no seu percurso, refletir uma centelha de luz, me mostrando essa possibilidade.
O meu coração transborda de alegria com a minha emoção. Eu sou tão somente emoção e me entrego a essa sensação.
O meu convite a você é tão somente para dedicar-se e deliciar-se ao exercício desse sentimento tão bom. Não fuja, nem deixe de dar asas à emoção. Quando receber o chamado - e aí, só você mesmo saberá o momento - entregue-se e curta, embriagando-se de satisfação e da paz que o ato irá lhe proporcionar. E se possível compartilhe com quem você ama.
Eu sou o homem, que enraizado, recebe o ar e a luz, reconfigurando toda essa energia para, então, agasalhar um sentimento que me enche de felicidade. Aí, eu sou o poeta, feliz, energizado, iluminado e amparado na proposta de, com minhas palavras, despertar ou reavivar no leitor essa tão pura emoção.


Emocionemo-nos, então!


Luiz Malvino
05out2011

Felicidade

Nossas vidas são formadas em ciclos completos, onde planejamos ou concretizamos cuidadosamente cada projeto. As minhas realizações, os meus acertos, ou até mesmo os erros cometidos me levam ou me levarão sempre ao engrandecimento do meu ser.
Os sonhos e as realizações estão presentes em todos os lares do mundo. Todos, de uma certa forma, compartilham desse pensamento. Isso é um fato inevitável.
A vida sempre nos impulsiona e nos remete a reflexão de futuro. A esperança é sempre relatada nos anseios de toda a humanidade.
Estou prestes a comemorar meio século de vida e para completar a minha felicidade, meu primeiro neto está quase chegando. Para mim, isso é uma vitória. É uma continuidade, é uma conseqüência de um dos acertos cometidos por mim ao longo de minha existência.
Posso dizer que sou feliz, não somente por meu filho me fazer avô, mas pelo fato de ter a certeza da felicidade dele por essa conquista em sua vida. Posso perceber através de suas atitudes a sua grandeza como pessoa, e isso, me enche de orgulho e me transborda o peito de felicidade.
Quero prosseguir na minha caminhada sempre focado nesse único sentimento - a felicidade.

Luiz Malvino
27set2011

Maria das Flores

Na primavera a luz é diferente
Tudo se alegra em suas cores
E um perfume se faz presente
Na chegada da Maria das flores.

Luiz Malvino
27set2011
(inspirado na postagem da Maria Cininha)

Autopsicografia



O poeta é um fingidor.
Finge tão completamente
Que chega a fingir que é dor
A dor que deveras sente.

E os que lêem o que escreve,
Na dor lida sentem bem,
Não as duas que ele teve,
Mas só a que eles não têm.

E assim nas calhas de roda
Gira, a entreter a razão,
Esse comboio de corda
Que se chama o coração.


(Fernando Pessoa)

Infinito

DENTRO DE VOCÊ HABITA O INFINITO.
IMAGINE ENTÃO O INFINITO QUE HABITA AO REDOR DE VOCÊ.
(Anônimo)

Escolhi esta frase para que possamos sempre lembrar que vivemos em comunidade. Somos, todos, irmãos e como tal devemos nos amar a todos, sem medidas, sem medo...
Fico triste quando vejo nos noticiários o destino de alguns seres "desumanos" que insistem em pregar a violência. Alguns dizem que é o fim do mundo, outros dizem que a humanidade não tem mais jeito...
Eu acredito que o BEM ainda impera e é maior que isso tudo que as notícias nos mostram.
Mas mesmo assim ainda falta algo para que o mundo seja de todo BOM.

Façamos a nossa parte.
Quando ouvirmos, atentarmos e atendermos à nossa consciência - pois ela está sempre nos sinalizando - seremos, todos, pessoas do bem e merecedores de habitarmos este Mundo e de sermos filhos do Pai.

Luiz Malvino
11ago2011

IBGE divulga resultados da Pesquisa de Orçamentos Familiares 2008 - 2009

A POF foi realizada em todo o território brasileiro, nas áreas urbana e rural, no período de 19/05/2008 a 18/05/2009 pelo IBGE com parceria do Banco Mundial e do Ministério da Saúde.

A pesquisa que abrange todos os estratos geográficos e socioeconômicos e que cobre todas as influências de datas e períodos especiais e estações do ano, investigou os orçamentos familiares, combinados com informações sobre as condições de vida e aspectos de nutrição dos brasileiros. De uma seleção de 68.373 domicílios, 55.970 responderam aos questionários ao longo dos 12 meses.

A divulgação da pesquisa foi apresentada ontem, dia 28, por Márcia Quintslr – Coordenadora de Trabalho e Rendimento, Edilson Nascimento Silva – Gerente da POF, André Martins – Tecnologista da POF e com a participação de Patrícia Jaime – Ministério da Saúde.

Os resultados mostram que 90% da população está consumindo poucas frutas, legumes e verduras – de acordo com o Ministério da Saúde o nível recomendado é de 400 gramas diários por pessoa.

A ingestão de bebidas com adição de açúcar (sucos, refrescos, e refrigerantes) é elevada, especialmente entre os adolescentes, que consomem o dobro da quantidade registrada para os adultos e idosos, além de apresentarem, também, uma alta freqüência de consumo de biscoitos, linguiças, salsichas, mortadelas, sanduíches e salgados.

A pesquisa detectou que quanto maior a renda familiar per capita mais alto é o índice de consumo de pizzas, salgados fritos, doces e refrigerantes e menor é o índice de ingestão de uma dieta saudável que inclui o arroz, feijão, peixe fresco e farinha de mandioca.

As prevalências de inadequação de consumo de alimentos destacam o excesso de ingestão de gorduras saturadas e açúcar (82% e 62% da população, respectivamente).

Pela primeira vez a pesquisa levantou informações sobre a ingestão de alimentos fora do domicílio e mostra que o consumo médio de calorias corresponde a aproximadamente 16 % do total ingerido e foi maior nas áreas urbanas, na região sudeste, com maior incidência sobre os homens da faixa de renda familiar per capita mais elevada.

Os resultados da pesquisa estão dispostos em três publicações: “Análise do Consumo Alimentar Pessoal no Brasil” – parceria com o Ministério da Saúde, “Tabela de Medidas Referidas para Alimentos Consumidos no Brasil” e “Tabelas de Composição Nutricional dos Alimentos Consumidos no Brasil”.
A publicação completa pode ser acessada na página:

http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/condicaodevida/pof/2008_2009_analise_consumo/default.shtm

E também é possível gerar gráficos dinâmicos a partir das informações da pesquisa na página:

http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/condicaodevida/pof/2008_2009_composiçao_nutricional/graficos_dinamicos/pof2011.html

Até a próxima!
Luiz Malvino
29jul2011

Sonhos

Olá !

Sonhar faz parte da vida de nós, seres humanos.

Nossas aspirações começam num sonho.

Ao longo do tempo e das circunstâncias que vivemos é que transformamos tudo em realidade.

É lógico que as oportunidades devem ser tomadas de súbito, pois na maioria das vezes, são elas, associadas ao nosso imenso querer, a grande razão do nosso sucesso.

Correr atrás dos sonhos, analisar, lutar, perseverar e insistir até que se realize os nossos projetos.

Tudo depende de nós, do nosso impulso inicial: "o primeiro passo".

Aliás a gente está sempre dando o primeiro passo.

Vamos continuar a nossa caminhada rumo ao sucesso ?

Boa sorte para você !!!

Grande Amor

Tudo no mundo é pequeno
Tudo é tal e qual um grão de areia
Se comparado ao amor do poeta
Nada tem o seu valor

O amor do poeta é urgente
Pois o seu coração não espera
O seu tempo é o presente
Ele não sabe do amanhã

Ele não se dá tempo ao tempo
E não se arrasta e nem se retarda
O poeta vai à luta
Pois de tão curto o seu tempo
Se agarra ao momento
Refirmando o seu amor

Luiz Malvino
27jul2011

Inspirado na música "Coisas Pequenas" de Pedro Ayres Magalhães
Gravada por Madredeus.

COISAS PEQUENAS

Coisas pequenas são coisas pequenas
São tudo que eu te quero dar
E essas palavras são coisas pequenas
Que dizem que eu te quero amar

Amar, amar, amar...
Só vale à pena
Se tu quiseres confirmar
Que um mgrande amor não é coisa pequena
Que nada é maior que amar

E a hora que te espreita é só tua
De certo não será só a que resta
A hora que esperei à vida toda
É esta, é esta...

E a hora que te espreita é derradeira
De certo já bateu a sua porta
A hora que esperaste à vida inteira
É agora, é agora...

Autor: Pedro Ayres Magalhães


Até a próxima !!!

Sobre família

Olá,
Hoje eu recebi de uma amiga um texto maravilhoso. Então resolvi buscar na Internet alguma informação do seu autor e me veio um "catatal" de blogs e mensagens, como em toda busca que a gente faz.
É lógico que muitas pessoas já conheciam o texto e até o seu autor, tanto que a lista de blogs que os divulgam é enorme. Mas eu não tô nem ai!!!! Serei mais um a divulgar. Coisas boas existem para serem mostradas. E tenho certeza que você vai gostar.
Trata-se de um texto extraído do livro "O arroz de palma" de Francisco Azevedo - Ed. Record / 2008. Um texto muito bem humorado e pincelado de muita sabedoria onde o autor dá várias dicas para se manter em família, curtindo-a confortavelmente.
Boa leitura e até a próxima !!!

Luiz Malvino
26jul2011

"Família é prato difícil de preparar. São muitos ingredientes. Reunir todos é um problema, principalmente no Natal e no Ano Novo. Pouco importa a qualidade da panela, fazer uma família exige coragem, devoção e paciência. Não é para qualquer um. Os truques, os segredos, o imprevisível. Às vezes, dá até vontade de desistir. Preferimos o desconforto do estômago vazio. Vêm a preguiça, a conhecida falta de imaginação sobre o que se vai comer e aquele fastio. Mas a vida - azeitona verde no palito - sempre arruma um jeito de nos entusiasmar e abrir o apetite. O tempo põe a mesa, determina o número de cadeiras e os lugares. Súbito, feito milagre, a família está servida. Fulana sai a mais inteligente de todas. Beltrano veio no ponto, é o mais brincalhão e comunicativo, unanimidade. Sicrano - quem diria? - solou, endureceu, murchou antes do tempo. Este é o mais gordo, generoso, farto, abundante. Aquele o que surpreendeu e foi morar longe. Ela, a mais apaixonada. A outra, a mais consistente.
E você? É, você mesmo, que me lê os pensamentos e veio aqui me fazer companhia. Como saiu no álbum de retratos? O mais prático e objetivo? A mais sentimental? A mais prestativa? O que nunca quis nada com o trabalho? Seja quem for, não fique aí reclamando do gênero e do grau comparativo. Reúna essas tantas afinidades e antipatias que fazem parte da sua vida. Não há pressa. Eu espero. Já estão aí? Todas? Ótimo. Agora, ponha o avental, pegue a tábua, a faca mais afiada e tome alguns cuidados. Logo, logo, você também estará cheirando a alho e cebola. Não se envergonhe de chorar. Família é prato que emociona. E a gente chora mesmo. De alegria, de raiva ou de tristeza.
Primeiro cuidado: temperos exóticos alteram o sabor do parentesco. Mas, se misturadas com delicadeza, estas especiarias - que quase sempre vêm da África e do Oriente e nos parecem estranhas ao paladar - tornam a família muito mais colorida, interessante e saborosa.
Atenção também com os pesos e as medidas. Uma pitada a mais disso ou daquilo e, pronto, é um verdadeiro desastre. Família é prato extremamente sensível. Tudo tem de ser muito bem pesado, muito bem medido. Outra coisa: é preciso ter boa mão, ser profissional. Principalmente na hora que se decide meter a colher. Saber meter a colher é verdadeira arte. Uma grande amiga minha desandou a receita de toda a família, só porque meteu a colher na hora errada.
O pior é que ainda tem gente que acredita na receita da família perfeita. Bobagem. Tudo ilusão. Não existe “Família à Oswaldo Aranha”, “Família à Rossini”, Família à “Belle Meunière” ou “Família ao Molho Pardo” - em que o sangue é fundamental para o preparo da iguaria. Família é afinidade, é “à Moda da Casa”. E cada casa gosta de preparar a família a seu jeito.
Há famílias doces. Outras, meio amargas. Outras apimentadíssimas. Há também as que não têm gosto de nada - seriam assim um tipo de “Família Diet”, que você suporta só para manter a linha. Seja como for, família é prato que deve ser servido sempre quente, quentíssimo. Uma família fria é insuportável, impossível de se engolir.
Há famílias, por exemplo, que levam muito tempo para serem preparadas. Fica aquela receita cheia de recomendações de se fazer assim ou assado - uma chatice! Outras, ao contrário, se fazem de repente, de uma hora para outra, por atração física incontrolável - quase sempre de noite. Você acorda de manhã, feliz da vida, e quando vai ver já está com a família feita. Por isso é bom saber a hora certa de abaixar o fogo. Já vi famílias inteiras abortadas por causa de fogo alto.
Enfim, receita de família não se copia, se inventa. A gente vai aprendendo aos poucos, improvisando e transmitindo o que sabe no dia a dia. A gente cata um registro ali, de alguém que sabe e conta, e outro aqui, que ficou no pedaço de papel. Muita coisa se perde na lembrança. Principalmente na cabeça de um velho já meio caduco como eu. O que este veterano cozinheiro pode dizer é que, por mais sem graça, por pior que seja o paladar, família é prato que você tem que experimentar e comer. Se puder saborear, saboreie. Não ligue para etiquetas. Passe o pão naquele molhinho que ficou na porcelana, na louça, no alumínio ou no barro.
Aproveite ao máximo.
Família é prato que, quando se acaba, nunca mais se Repete"

Francisco Azevedo
Dramaturgo e Roteirista

Mensagem ao Amigo

Meu amigo, eu queria lembrar de todos os meus sonhos bons e poder encontrar uma possibilidade de torna-los realidade.
Gostaria de poder alçar vôo e planar, podendo, então, admirar tudo lá de cima, na paz, tal e qual os pássaros podem fazê-lo.
Pudera eu, realizar todos os desejos e sanar todas as inquietações que assombram a mente dos que eu quero bem.
Pudera ter poderes e solucionar problemas e dilemas do nosso povo, mas, infelizmente não sou político e nem tenho aspiração para tal, muito pelo contrário, odeio esse sistema político que nos empurra goela abaixo as suas falcatruas. O que eu poderia fazer, nesse caso, ou aprender fazer além do que já fiz por todos estes anos como eleitor? Acredito que seja desistir dessa corja. Aliás, acho que já estou mesmo desistindo, pois já não tenho dado o meu voto de confiança a nenhum deles. Porém não acredito que seja esta a solução. O certo, talvez, seria engaiolá-los para aprenderem a ser mais honestos e cumprirem a sua parte nessa história. Mas nem isso ocorre. A impunidade assola essa Nação, tornando-os mais forte ainda e, com mais facilidades de corrupção.
Hoje, eu gostaria de ter muitos amigos ao meu lado. Amigos de verdade, igual aos dos filmes. Aqueles que estão sempre prontos para o que der e vier. Gostaria de poder retribuí-los dessa amizade, entregando o meu coração e ofertando todo o amor que eles possam merecer.
Gostaria de viver, muito mais, para poder realizar todos esses e muitos outros desejos e então deitar tranqüilo no travesseiro.
Nem você e nem eu temos poderes extraordinários, então o que podemos, sempre, é pedir ao Supremo a sabedoria para vivermos essa nossa passagem, em paz, com saúde, com esperanças e muito amor no coração para suportarmos todas as pressões externas que vierem. Só Ele mesmo pode tornar possível qualquer coisa.

Bom dia do amigo para você!

Até a próxima.

Luiz Malvino
20jul2011

Viver cada momento

Olá,

Passamos ótimos dias em Nova Friburgo.
Foram dias especiais para mim e para a Norma.
Curtimos o nosso cantinho de paz, nossos bichinhos, fizemos parte daquela Natureza !!!
Aquele lugar faz muito bem para nós...
Recarregamos as nossas baterias para podermos suportar mais um pouco o caos urbano do Rio de Janeiro.
Neste fim de semana passado, lavei a alma cantando muiiiiiiito...
Fui convidado para tocar no Chakai, uma pizzaria e restaurante bem conhecida, que fica no Cônego. Foi maravilhoso!!!!
Abaixo você pode curtir um pouco do que fiz no palco daquela casa espetacular !!!

http://www.flickr.com/photos/luizmalvino/5951658524/in/photostream

Agora estamos de volta ao Rio de Janeiro. A luta continua. Ainda ficarei por aqui por oito anos, até me aposentar e ai sim, quem sabe, voltaremos para a nossa terrinha!!!???!!!
Por enquanto vamos curtindo assim aos poucos. O futuro a Deus pertence: vamos deixando rolar...
e curtindo cada momento com muito amor.

Até a próxima !!!

Luiz Malvino
18jul2011

OFERTA DO SITE BOA DA SERRA

APROVEITE A OFERTA DO SITE DE COMPRAS DA REGIÃO SERRANA "BOA DA SERRA", GARANTA O SEU CUPOM E AINDA CURTA MUITA MÚSICA COM LUIZ MALVINO, NESTE SÁBADO, DIA 16, NO CHAKAI, A MELHOR PIZZARIA E RESTAURANTE DE NOVA FRIBURGO.

O CHAKAI FICA NO CÔNEGO.

SIGA O LINK E ADQUIRA O SEU CUPOM  COM UMA OFERTA ESPECIAL, AINDA PODENDO CURTIR UMA NOITE AGRADÁVEL NO CHAKAI COM MUITA MÚSICA NESTE SÁBADO DIA 16 DE JULHO DE 2011:

http://www.boadaserra.com.br/ofertas/chakai


NÃO PERCA !!!!


Acesse o Site, veja o regulamento, adquira o seu cupom e aproveite a oferta.


Luiz Malvino
13jul2011

Espelho de Mim

Espelho de mim
Em busca do saber
Da eterna esperança e inocência
Da beleza da vida
E do amor às pessoas

O espelho de mim
Traz-me as boas lembranças
Reavivando-me o ar juvenil
Reeditando imagens passadas
Adormecidas no tempo

Há uma reprise de gestos e pensamentos
E as ações desse reviver
É um retorno prazeroso do meu ser
Que atua inconsciente e perfeitamente
Tal qual eu pude ser

É como se aqueles dias de lá
Viessem para os de cá
E eu novamente em cena
Comemorando o meu viver
Infinitamente feliz

No espelho de mim...

Luiz Malvino
06jul2011

(Para o meu filhote João Gabriel, com muito amor)

Ser Humano

É impressionante a nossa pequenez diante da Criação Divina e cada vez mais me impressiona e me apraz a certeza de que nada mudará essa realidade.
Somos parte da criação, nada desse mundo é de nossa propriedade e nem temos o poder de modificar a engrenagem natural desse sistema.
Cabe-nos a contemplação pela graça de aqui estarmos.
Cabe-nos o envolvimento e a preservação da vida.
Cabe-nos o contentamento por sermos, simplesmente e tão somente humanos...

Luiz Malvino
28jun2011

COMPROMETIMENTO

É PRECISO SERIEDADE.
É PRECISO VESTIR A CAMISA ENQUANTO SE MANTÉM A PALAVRA DE UM CONTRATO, ATÉ MESMO QUANDO ESSE CONTRATO É VERBAL E MUITO MAIS AINDA QUANDO HÁ UMA FORMALIDADE. ISSO CHAMA-SE COMPROMETIMENTO...
FALTA MUITO A ESSA GALERA DE HOJE O CUMPRIMENTO DA PALAVRA...
FALTA MUITO A ESSA GALERA DE HOJE A SENSAÇÃO VERDADEIRA DE PRAZER DE ESTAR DIANTE DE UM PRIMEIRO CONTRATO, MESMO QUANDO NÃO É ESSE O SEU IDEAL...
IDEAIS SÃO GALGADOS COM O TEMPO E ISSO EU POSSO DIZER DE CADEIRA.
O MEU LEMA É SEMPRE FAZER O MELHOR, COM SERIEDADE E MUITA SATISFAÇÃO.
MESMO QUANDO NÃO SE TEM O RECONHECIMENTO, O IMPORTANTE É DAR O SEU MELHOR.
E O MELHOR, A PRINCÍPIO, É CUMPRIR A PALAVRA INICIAL COM ZELO E COMPETÊNCIA...
O IMPORTANTE É VIVER A EMOÇÃO DE SER ÚTIL, POIS ISSO NOS TRARÁ O PRAZER DO DEVER CUMPRIDO.

Agradecimentos

No dia dos namorados voltei a Nova Friburgo para cantar depois de um
certo tempo de quietude e matei as saudades daquela casa que eu gosto
tanto de cantar e que agora reabriu com toda força. É o Chacai. Um lugar
aconchegante e de muito bom gosto...
Devo agradecer ao Ademarzinho, ao Marcelo, a Sandra a Diva e toda a
equipe pelo convite e parabenizá-los pela iniciativa da reabertura dessa
casa maravilhosa.
Quero agradecer, também, aos amigos que curtiram e me aplaudiram nesses
dois finais de semana de muita música no Chakai. Outras noites musicais
virão por ai e a gente vai curtí-las juntos. Você na platéia, me
apoiando, como sempre, e eu fazendo de tudo para tornar a noite mais
agradável para todos nós.
Felicidades a todos e até a próxima...
Luiz Malvino
21jun2011

Meio Ambiente


Olá,
Hoje se comemora no mundo inteiro o dia do meio ambiente. Bom para nós que habitamos este planeta que nos pede socorro a todo instante. Afinal de contas junto com a comemoração sempre se ganha em conscientização. Nunca é tarde para se aprender algo e em se tratando de meio ambiente temos uma infinidade de coisas a aprender.
A primeira coisa - e a mais importante - é que devemos deixar um mundo habitável para os nossos filhos e eu tenho a certeza que por mais que se corra atrás de soluções para este feito será impossível. Temos pouquíssimo tempo para isso. Toda a destruição causada ao Planeta até o momento não será desfeita de um momento para o outro como um passe de mágica. Qualquer benfeitoria direcionada ao meio ambiente será bem-vinda e isso cada um de nós pode fazer. Não devemos ficar esperando uma ação dos nossos governantes, afinal de contas os interesses deles são outros e isso é assunto para uma outra conversa. O que devemos fazer no momento é educar os nossos filhos, mostrando a eles, através de nossas ações o modo correto de se cuidar do mundo em que vivemos.
Nunca se falou tanto em preservação da Mata Atlântica, despoluição de rios e lagos, reciclagens... E é claro que alguma coisa nesse sentido os nossos governantes também têm feito, afinal de contas eles têm que prestar contas, mostrando algo interessante por tanto dinheiro arrecadado em impostos. Mas isso ainda é muito pouco. A Terra está muito castigada. O bicho homem acordou muito tarde. A destruição tomou um vulto gigantesco e o que nos resta é começar a frear esse rolo compressor que destrói o nosso habitat. O simples fato de jogar a guimba de cigarro e o papelzinho de bala no chão já mostra a nossa falta de zêlo pelo nosso Planeta. O lixo urbano é o grande monstro que pode destruir por completo o nosso mundo. Pensemos melhor antes de produzir lixo, analisando o que pode ser reaproveitado ou reciclado. Leve a sua própria bolsa retornável quando for fazer as suas compras no Supermercado. Toneladas de sacolas plásticas por dia poluem o nosso País. Imaginem o Mundo.
Pense nisso !!!
Os nossos filhos estão nos observando.
Cada vacilo nosso pode ser um aprendizado para eles. Eles repetem o que fazemos e tomam isso como certo. Então vamos ensiná-los verdadeiramente correto.
A Mãe Terra agradece tudo de bom que nós fizermos por ela e nos retribuirá com mais pureza.
Sejamos bons filhos e respiraremos muito melhor e descansaremos com muita paz.

Luiz Malvino
05jun2011

O relógio e a bússola

Recebi um e-mail de uma colega de trabalho me indicando a leitura do livro "Escolhas" do médico (psiquiatra) Roberto Aylmer. Ela assistiu uma palestra do médico, na qual ele fez uma citação do seu livro, contando as suas experiências em orientações a pessoas nos vinte anos de trabalho no ramo da psiquiatria, no sentido de impulsionar as pessoas à decisão de um rumo certo para o sucesso.

"A dificuldade em alinhar as prioridades se deve ao uso das ferramentas que escolhemos para tomar decisões: o relógio e a bússola. O relógio representa tanto os compromissos imediatos (crises, reuniões, os horários e as atividades) como também as coisas que tenho ao meu alcance agora, os meus prazeres imediatos. A bússola representa nossa visão, valores, princípios, missão, consciência e direção, e as coisas que digo serem importantes no meu futuro como saúde, consciência limpa, uma relação feliz e uma família saudável. São coisas que dizemos importantes na vida." defende o psiquiatra.

E eu Malvino, como simples mortal que sou, dou razão ao médico e parabenizo-o pelo seu trabalho e acrescento que realmente ao confrontarmos o relógio e a bússola nosso impulso, de presente, nos leva a ouvir a voz do coração, pois esta normalmente fala mais alto, nos influenciando e enraizando em nossos pensamentos suas súplicas, causando-nos posteriores desprazeres. O tempo que o relógio nos mostra é muito momentâneo, imediato, apressado... Nossos atos devem ser pensados, medidos, analisados antes de uma solução final. Aí estamos seguindo o pensamento que estabelece a arrumação das ideias, dando um rumo certo, um posicionamento, uma direção exata às nossas vidas. É a bússola nos dando uma orientação, nos aconchegando, nos livrando das inquietações...
Podemos e devemos a qualquer momento escolher nossos caminhos e atitudes sem enredarmos aos embaraços da vida. Devemos optar ao relógio ou à bússola, porém a decisão não deve ser dada somente sob o ponto de vista emocional. As emoções nos embaraçam a visão de futuro e é nele que devemos sempre focar.

Bom fim de semana para os amigos e até a próxima.

Luiz Malvino
03jun2011

Eu, pescador

Olá amigos,

Milton Nascimento se supera e trás em seu mais novo CD "E a gente sonhando..." uma coleção de novas pérolas. Imperdível...
Fica a minha sugestão para os que admiram o cantor e compositor que - para o nosso deleite - não perderá nunca a sua veia inspiradora.

Em "Eu, pescador" música poema de autoria de Clayton Prosperi e Haroldo Jr. O artista - e por que não chamá-lo de poeta cantador? - compara o sentimento do pescador solitário com os abismos do mar. Ele conhece esses abismos e os explora em sua canoa quando parte deixando tudo para trás em busca de um sonho. Esse sonho é o seu bem encantado feito as calmarias do mar. Por causa dos vendavais ele troca esse mar pelos rios e aporta, esperançoso, porém sem ansiedades, se guardando para o seu possível bem quando o encontrar. Esse felizardo bem, será presenteado com o mais puro beijo de amor, guardado a sete chaves somente para ele e os mais lindos adornos trazidos do mar.

Luiz Malvino
03jun2011


EU, PESCADOR     http://www.youtube.com/watch?v=aUT4c3XtWSw


E VAMOS EU E A SOLIDÃO A CAMINHO DO MAR
CANOA E CORAÇÃO DEIXAM P'RA TRÁS A TERRA, O CAIS...
PARTEM BUSCANDO VENDAVAIS
AH! MEU PEITO DE SONHADOR SABE OS ABISMOS DO AMOR
COMO A CANOA OS DO MAR

EU QUE FIZ DOS MEUS SONHOS MEUS NAVIOS
EU QUE FIZ VELAS DE RIMAS
DE CANÇÕES O MEU PESQUEIRO
EU QUE ARMEI REDES DE ESTRELAS
AINDA ESPERO ENTRE ANZÓIS E SEREIAS
QUEM FICOU DE ME ENCONTRAR

DE SOL EM SOL CRUZANDO O MAR CALMARIAS SONHEI
NO CORAÇÃO A PAZ DE QUEM PROVOU DO QUERER BEM
MAS SOPRAM TANTOS VENDAVAIS
AH! MEU PEITO DE PESCADOR SABE QUE A LUA PASSOU
FINDA A MARÉ DE PESCAR

EU QUE DEI OS MEUS SONHOS, MEUS NAVIOS...
QUE TROQUEI MARES POR RIOS
QUE APORTEI O MEU PESQUEIRO NAS PARAGENS DO DESEJO
'INDA GUARDO P'RA ALGUÉM O MEU BEIJO E ADORNOS DE CORAIS

MILTON NASCIMENTO (DO CD "E A GENTE SONHANDO..."
AUTORIA: CLAYTON PROSPERI E HAROLDO JR.

Presente

Cada manhã uma surpresa
Cada dia um sorriso a iluminar a vida
Cada ser um presente e um mistério a desvendar

Luiz Malvino

Anjo Bom

Os teus pensamentos ninguém invade
Deixe fluir a imaginação para alçar vôo livre
Voe rumo ao horizonte e alcance o infinito
Ele parece tão distante mas logo ali está
Dificuldades não existem em tua vida
O pássaro branco te guia
E te revela o caminho sem perigos
Siga sempre o teu Anjo da Paz
Viva para o bem
E serás sempre livre...

Luiz Malvino
25mai2011

(PS: inspirado pela postagem de hoje da Margarida): http://bloguemargarida.blogspot.com/2011/05/liberdade.html

Amor Próprio

Hoje acordei para mais um dia de batalha da vida. Vou mais uma vez correr atrás dos sonhos, repetir as mesmas falas, seguir os mesmos caminhos em busca de alguma certeza de futuro. Não posso me certificar, mas o futuro sempre traz alguma coisa boa para nós, pelo menos, comigo sempre foi assim. O mundo não é de todo ruim...
Como sempre tenho ouvido "a esperança é a última que morre" e eu costumo dizer que a minha nunca morre. Se tem uma coisa que eu prezo é a minha felicidade e é tão somente por isso que sempre parto todas as manhãs ao seu encontro. Nos caminhos às vezes tropeço, às vezes vejo coisas e pessoas que me desagradam, mas a vida é assim mesmo... A diversidade existe e com isso o que pensamos ser ruim ou errado para nós, também pode ser o inverso para os outros. Às vezes até fecho os olhos para o que me desafia ao corrompimento do meu ser, mas isso não se repete muito porque o meu eu é mais forte e me faz prosseguir, lutando pelo meu ideal.
Não devo mudar minha essência, pois foram tantos anos que me fizeram assim e o que se constroi deve ser preservado em manutenção.
Quero ganhar os meus dias e colecionar amizades e comungando coisas boas com elas, pois é assim que o mundo vai continuar em progresso para nunca se findar.
Vou insistir sempre na minha correria e teimosia, às vezes abrindo mão dos meus excessos, mas com a convicção de que o meu amor será sempre dividido entre o próximo e a mim mesmo.


Luiz Malvino
25mai2011

O Poeta

Em cada pensamento o poeta vive uma vida diferente.
A ele cabe, sem que se lhe demonstre incoerências e a seu bel prazer, ser o mocinho ou o bandido, com a mesma intensidade e nem por isso será discriminado.
Em suas veias corre o mais puro sangue e no seu peito pulsa um coração deveras invejado, dado os seus feitos e atitudes...
Um poeta nunca morre. Ele percorre mundos diferentes e conhece a fundo cada um e não se prende a nenhum deles.
O poeta consegue ser abstrato, sem com isso tornar-se alheio ao que lhe rodeia. É intuitivo, compreensivo, radiante, expectador, amoroso, respeitador e pode ser o oposto de tudo o que lhe apraz e sabe voltar atrás com a sua peculiar sapiência sem com isso tornar-se falso.
A obra do poeta é para ser lida, relida, degustada, discutida, entendida... O poeta anseia por essa atenção e vive por isso.
Eu queria saber viver a diversidade de sua vida e ter o seu tempo, aproveitando todo o sentimento e toda a emoção de sua prosa. Eu queria estar nos seus versos e contemplar cada rima, pois não existe coisa mais linda do que a rima do poeta.


Luiz Malvino
17mai2011

Mundo de Sonho

No meu sonho o mundo que habito não é este aqui.
É um mundo passado, longínquo, remoto... feliz !
Nele se convive em harmonia e se conta nos dedos de uma mão
as  nossas mais importantes necessidades para viver.
No mundo do meu sonho não existe correria nenhuma.
Afinal, correr p'ra quê ?
P'ra quê galgar bens, acumulando inutilidades?
A vida é muito bela e devemos aproveitar cada segundo, cada minuto,
um dia por vez, sem "stress", sem ansiedades, sem atropelos...

No mundo do meu sonho não existe violência.
É um mundo de irmandade,
um mundo solidário, estreito, de uma só via.
Um mundo onde todos caminham num objetivo óbvio: a felicidade.
No mundo do meu sonho o seu giro é mais lento,
a música é suave,
a energia é positiva,
as pessoas são amigas e se reconhecem...
O mundo do meu sonho pode ser real para nós todos,
Basta, tão somente, acordarmos.
Acordarmos com a alma repleta de mudança do ser.

Luiz Malvino
13mai2011

Ser Mãe...

Mãe é mãe...
Sorriso sempre,
Gentil sempre...

E o filho? Ah o filho...
O filho é o presente !!!
Ou será a mãe o presente do filho?

Presente ou não filho é sempre filho
Filho sempre faz pensar
Filho sempre emociona
Filho sempre preocupa
Filho é sempre criança...

E a mãe?
Mãe é mãe...
Não precisa dizer mais nada!
Só ouvir,
Sentir o seu amor,
Curtir sua presença
E amá-la a todo momento.

Mãe é doce ser!
É terno ser,
Eterno ser doce...

Mãe é mãe...
E ser mãe já diz tudo.
Ser mãe é tudo!!!

Luiz Malvino
08mai2011

Pensando

O ser humano - diferente dos animais - não alcança a felicidade plena, exatamente porque, trata-se de um ser pensante, analista e calculista por demais.

Luiz Malvino
27abr2011

Equilíbrio

As vezes faz-se necessário domarmo-nos, lutando contra os próprios impulsos, para que nos tornemos verdadeiramente humanos e consequentemente pessoas mais felizes.
Luiz Malvino
26abr2011  

FELIZ MUDANÇA PASCAL !!!

Hoje é um dia especial para nós que cremos na ressurreição de Cristo e aguardamos a primazia do dia em que estaremos juntos do nosso Pai Celestial.
A Páscoa é o momento para reflexão e é nesse pensamento que devemos comungar nossas atitudes para o bem a fim de recebermos as bênçãos do Divino.
Fomos feitos a sua imagem e semelhança, porém nos falta muito, mas muito mesmo, para alcançarmos a Sua sabedoria e por mais que nos esmeremos nesse intuito, mesmo assim algo ainda nos faltará. Porém, toda a fé e toda a vontade de acertar já é um caminho para alcançarmos as bênçãos do Pai.
Desejo que a vitória na batalha interna de mudança do ser possa nos levar, a todos, ao caminho da bondade e misericórdia de Deus.

Boa Páscoa aos amigos e seus familiares.
Que Deus abençoe a todos.

Luiz Malvino
24abr2011

Uma simples visita

Quando menino, há muito tempo, me lembro como se fosse hoje, minha mãe nos levou - eu e meu irmão - a roça. Foi um momento muito feliz da minha vida e está gravado em minha memória como um filme, repleto de imagens de uma simplicidade sem par. E é essa simplicidade que me encanta.
Aquelas pessoas, até entāo, estranhas para mim, eram amáveis e receptivas ao extremo. Acho que essa é uma das muitas virtudes daquele povo tão pobre, mas ao mesmo tempo riquíssimo na arte do amor ao próximo. Eram meus tios e primos que moravam num lugarejo afastado da cidade. Passamos um fim-de-semana muito agradável. Comi frutas maduras no pé, corri entre os canaviais, abacaxisais, tomei banho de chuva, brinquei na areia, corri atrás das galinhas... Ah! Sabem o que tinha no canto de um dos cômodos da casa? Pois é, eu achei o máximo aquele ninho com uma galinha e seus pintinhos, piando em baixo dela e ela cocoricando, como se querendo me espantar daquele lugar, com medo de que eu pudesse causar algum dano aos seus filhotes.
Eu estava cercado de uma magia encantadora. Imagina uma criança de 9 ou 10 anos cercada de tantas maravilhas. Para um adulto era apenas uma visita aos familiares, para aquele menino era como se estivesse num parque de diversões. Uma maravilha.
Quando voltamos para casa a bagagem aumentou consideravelmente, pois ganhamos de tudo um
pouco. Ovos de galinha, abacaxis, cajus cheirosos... Tudo fresquinho. Esse era um jeito
carinhoso de despedida de um povo que vive sua vida na simplicidade e que valoriza o carinho e o afeto de uma simples visita.

Luiz Malvino
20abr2011

Um menino na roça

Vá menino que a chuva não vai te molhar
Vá correr por entre os abacaxisais
Vá vadiar que o dia é todo seu
Mas não te esqueças de voltar
Que a comida tá no fogo
E logo vamos "aboiar"
Aproveite o seu tempo de brincar
Amanhã será um novo dia
E o hoje não voltará

Vá subir no cajueiro
Se deliciar com o mel da cana
Vá no cháo se lambuzar

Vá menino que o campo é todo seu
Vá brincar na areia
Construir seus túneis, seus castelos...
Vá ao encontro de si
Aprenda a ser criança

Vá menino
Vá vadiar...

Mas cuidado com a cacimba !!!


Luiz Malvino
20abr2011

Um índio

Um índio descerá de uma estrela colorida, brilhante
de uma estrela que virá numa velocidade estonteante
e pousará no coração do hemisfério Sul
na América, num claro instante
depois de exterminada a última nação indígena
e o espírito dos pássaros das fontes de água límpida
mais avançado que a mais avançada das mais avançadas das tecnologias
Virá
impávido que nem Muhammed Ali
virá que eu vi
apaixonadamente como Peri
virá que eu vi
tranqüilo e infálivel como Bruce Lee
virá que eu vi
o axé do afoxé filhos de gandhi
virá
Um índio preservado em pleno corpo físico
em todo sólido, todo gás e todo líquido
em átomos, palavras, alma, cor
em gesto, em cheiro, em sombra, em luz, em som magnífico
num ponto equidistante entre o atlântico e o pacífico
do objeto-sim resplandecente descerá o índio
e as coisas que eu sei que ele dirá, fará
não sei dizer assim de um modo explícito
Virá
impávido que nem muhammad ali
virá que eu vi
apaixonadamente como peri
virá que eu vi
tranqüilo e infálivel como bruce lee
virá que eu vi
o axé do afoxé filhos de gandhi
virá
E aquilo que nesse momento se revelará aos povos
surpreenderá a todos não por ser exótico
mas pelo fato de poder ter sempre estado oculto
quando terá sido o óbvio

Fuente: musica.com
Caetano Veloso

http://www.youtube.com/watch?v=mFYKCGnP8Do

Sensualidade

Rosa do Jardim da minha amiga Myrian    -     foto: Luiz Malvino


O auge da sensualidade
está no despetalar da rosa.

Menino


Era menino
Tudo bonito
Tudo flores!!!

Era menino
E o Sol não queimava,
Nem ardia,
Nem secava...

Era um sonho só,
Era esperança,
Era alegria,
Era correria...

Era menino
Sempre na sua
Em casa ou na rua.

Era andarilho,
Esperto,
Quieto,
Ligeiro,
Bagunceiro !!!???

Mas era menino
E como todo menino:
Inocente,
Irreverente,
Inteligente...

Era menino
e continua a sê-lo.
Mas cresceu
Cresceu
Cresceu...

Luiz Malvino
17abr2011

Falando de música

A música é uma das minhas grandes paixões. Não penso na vida sem música e desde criança respiro música...
Desde a minha mudança residencial para o Rio de Janeiro, há dois meses, fico na expectativa de um trabalho musical na cidade maravilhosa. É claro que a cidade está com uma imensa quantidade de músicos de qualidade inquestionável, mas o mercado está aí, grandioso, e comporta a todos sem restrição e sem preconceitos, pois a música embala a todo o público. E haja público...
Pois bem, a minha praia é a música popular brasileira. Gosto de cantar Caetano, Milton, Lulu, Roberto... São tantas emoções e todas as emoções valem a pena quando a alma não é pequena !!!
Este cantor em busca de trabalho está aberto a solicitações e indicações dos amigos para alguma apresentação. Para me acompanhar utilizo o meu teclado, onde tenho programado um vasto repertório das pérolas da MPB / POP, além de algumas canções internacionais de grande sucesso.
Tenho a preferência por lugares aconchegantes, onde as pessoas possam curtir uma música intimista e de bom gosto, porque gritaria, para mim, não é sinônimo de boa música...
Vamos viver a vida com música suave, pois de agitação estamos fartos !!!
Vamos cantar juntos as melhores canções da MPB / POP, vamos relembrar músicas brasileiras e internacionais, de bom gosto, que marcaram momentos especiais da nossa vida.
Vamos marcar um encontro com os amigos, vamos confraternizar, vamos curtir momentos especiais com muita música.

Vou ficar na expectativa do seu contato.
E-mail: luizmalvino@oi.com.br
Celular: (21) 8076-5151

Bom dia para você e até a próxima!

Luiz Malvino
30mar2011

Força do Amor

Além da valentia
O amor traz em si
O poder das descobertas
E a força - que só ele tem - de transformar
O irreal em natural
O medo em coragem
E a vida
Num eterno sonhar.


Um bom final de semana e até a próxima!

Luiz Malvino
27mar2011

Pecado / Consciência

O pecado é medido pela nossa própria consciência. É ela quem nos dita as ordens e a quem devemos atender antes de qualquer ação por mínima que seja. É a nossa consciência que nos revelará o que é certo e o que é errado, cabendo a nós a obediência.
Seja em pensamento ou nas nossas ações sabemos sempre dos nossos pecados perante Deus.
Sabemos e conhecemos sempre as nossas culpas...

Luiz Malvino
26mar2011

Mulher nota dez

Quero parabenizar a todas as mulheres pelo dia de hoje.
Motivos temos de sobra para sempre parabenizá-las e o maior de todos os motivos é o de estar sempre ao nosso lado, nos apoiando, direcionando, amparando, amando e sobretudo nos aturando. Sabemos que somos umas malas sem alça, mas no fundo, no fundo temos a certeza do perdão e contamos sempre com o carinho e a atenção de todas vocês. Por isso, esse é o dia escolhido para as homenagens e para agradecer a todas por tudo de bom que a vida nos oferece e que sem o apoio de vocês jamais conseguiríamos.
Um beijo no coraçāo de cada mulher do planeta.
Um beijo especial a minha querida Norma, que vem me aturando há quase quinze anos e que faz parte do meu bem viver.

Até a próxima !

Luiz Malvino
08mar2011

Casuarina

Casuarinas    -    Praia da Barra da Tijuca                        foto: Luiz Malvino

Companheira, menina,
leve, refrescante,
Tranquilizante...
Criança brincalhona
a nos atirar bolinhas de papel no copo



Luiz Malvino
04mar2011

Cidade Nova

Desde ontem que o tempo está cinza no Rio de Janeiro. Confesso que isso me decepciona um pouquinho, pois a Cidade Maravilhosa deveria ser só de luz. O sol dá mais vida e valoriza cada detalhe desta cidade que agora é a minha cidade também.
Hoje não deu para fazer a minha caminhada pela manhã, porque com chuva, para mim, não dá. Vamos esperar pelo solzinho para maravilhar mais um pouco a minha cidade nova.


Praia de Ipanema         -      foto: Luiz Malvino


Beijos a todos e até a próxima !!!

Luiz Malvino
03mar2011

Casa Nova

Queridos amigos,

Estamos organizando o nosso futuro cantinho. Acabamos de fazer a mudança, ou seja, trouxemos de Friburgo apenas o que, na verdade, cabe neste novo lar. Mas estamos muito felizes e esperançosos nesta nova jornada de nossa vida.
Obrigado pelo apoio e pelas palavras de incentivo, pois é isso que nos dá mais forças para prosseguirmos adiante.
Eu estou dando uma de carpinteiro, marceneiro, pedreiro, pintor, faxineiro, etc... e a Norma como sempre, e graças a Deus, ao meu lado, ajudando e colocando em ordem a nossa casa. Estamos muito felizes e aos poucos nos adaptamos ao clima quentíssimo e à correria da cidade maravilhosa.

Abraços a todos e até a próxima !!!


Por de sol na Barra da Tijuca       -          foto: Luiz Malvino



Luiz Malvino
25fev2011

Carinhosamente

Eu sei que carinho não se agradece. Recebe-se, curtindo ao máximo e com muito prazer. E eu sei, também, que isso é muito bom, pois é o que acontece comigo. Todo carinho dos meus seguidores e visitantes, para mim, são um bálsamo dos deuses. Não estou aqui para agradecer e sim para dizer que sou uma pessoa muito feliz por esse carinho.
Devo agradecer a Deus primeiramente por estarmos vivos e podermos, mesmo que de surpresa e meio que na porrada, raciocinar diante da situação e decidirmos por mudar o rumo da nossa vida, certos de que esse é o melhor caminho. Eu e Norma estamos a cada dia mais fortes e, graças a Deus e ao incentivo dos amigos que entendem a nossa situação e nos apoiam com palavras doces e carinhosas.
Um abraço caloroso a todos os amigos, muita saude e paz.
Que Deus abençoe a todos.


Caricatura e presente de Eduardo P. L. do blog Vítima da Quinta



Até a próxima,

Luiz Malvino
09fev2011

Sentimentos que me afligem

Ansiedade, saudades e muitas preocupações... Sentimentos que me afligem no momento !!!

Ansiedade por refazer minha vida que agora segue por um rumo novo e sem aviso prévio...

Saudades do cantinho que eu construi com tanto amor e carinho... saudades dos meus bichinhos... saudades da cidade, que a princípio, havia escolhido para viver para sempre...



As preocupações são tantas, pois as mudanças são muito repentinas e urgentes. Porém estamos na era de Aquário e por ser regido pelo signo, trago em mim, além do pé no chão a esperança no coração e no íntimo a vontade de inovar e mudar sempre... O novo sempre me apraz. As perdas serão repostas, afinal estamos vivos...



Luiz Malvino
27jan2011

Nova Friburgo 2011

Toda prefeitura que se preza conhece a fundo cada canto do município e sabe também das dificuldades do seu povo.
O que aconteceu em Nova Friburgo foi uma catástrofe que não se tem registro em toda a história do município. Cada cantinho da cidade foi arrasado com os temporais. Até morros que não haviam sinais de desmatamento sofreram com deslisamentos sérios, arrasando tudo que existia em sua base. Casas, prédios, barracos, ricos, pobres...
Depois das tempestades o que nos resta é consertar os estragos, reconstruir o que foi destruído e toda ajuda é bem vinda. Aliás, todos estão envolvidos para que se tenha sucesso nas buscas das pessoas que ainda estão desaparecidas. Prefeitura municipal, forças armadas, governos estadual e federal... Além, é claro, e não podemos esquecer de citar, dos colaboradores anônimos, pessoas comuns, do povo, vítimas também dessa catástrofe, que trabalham dia e noite como voluntários, ajudando as autoridades nas buscas, nas limpezas das ruas (e aí podemos falar todas as ruas da cidade), desobstruindo caminhos de acesso a lugares que ficaram isolados, etc... Essas pessoas têm contribuído e muito mesmo para que toda essa recontrução seja bem sucedida. Mas isso ainda vai levar muito tempo para a cidade voltar a ter aquela beleza de antes.
O Brasil inteiro está sensibilizado e se mobilizando, mandando donativos para as vítimas e isso para mim é um sinal de que nem tudo esta perdido e que ainda resta uma esperança.

Luiz Malvino
25jan2011

Familia Malvino - Noticias 2

Queridos amigos,

Por todos os lados de Nova Friburgo ha sinais de devastação. É com muita tristeza no coração que escrevo este post e só Deus mesmo para nos dar forças para conseguirmos pensar.
Agradeço os e-mails, telefonemas e palavras de carinho de todos. Estamos no Rio de Janeiro acompanhando as notícias que alguns amigos que ainda estão por lá nos passam por telefone e o que a televisão tenta mostrar nos noticiários. Aguardamos a possibilidade de acesso a nossa casa que está num lugar inacessível. Aliás neste momento recebi uma informação segura de que o único acesso do Rio para a cidade encontra-se fechado pois acaba de cair uma barreira na chegada da cidade, em Mury.

Abraços a todos, que Deus nos ilumine e até a próxima!

Luiz Malvino
16jan2011

Família Malvino - Notícias

 Olá Pessoal,

Estive ausente por uns dias por motivos de forças da Natureza. Nossa cidade está sem luz, sem água potável, sem telefone celular e fixo, como todos já devem estar a par por intermédio dos noticiários. Graças a Deus eu e Norma - minha esposa - saímos de Friburgo e estamos a salvo no Rio de Janeiro.


Vamos aguardar que a cidade nos ofereça o mínimo de estrutura para que possamos dar um rumo certo para a nossa vida.


Obrigado aos amigos e até a próxima, se Deus quiser, com notícias melhores.

Luiz Malvino


15jan2010