Nova Friburgo 2011

Toda prefeitura que se preza conhece a fundo cada canto do município e sabe também das dificuldades do seu povo.
O que aconteceu em Nova Friburgo foi uma catástrofe que não se tem registro em toda a história do município. Cada cantinho da cidade foi arrasado com os temporais. Até morros que não haviam sinais de desmatamento sofreram com deslisamentos sérios, arrasando tudo que existia em sua base. Casas, prédios, barracos, ricos, pobres...
Depois das tempestades o que nos resta é consertar os estragos, reconstruir o que foi destruído e toda ajuda é bem vinda. Aliás, todos estão envolvidos para que se tenha sucesso nas buscas das pessoas que ainda estão desaparecidas. Prefeitura municipal, forças armadas, governos estadual e federal... Além, é claro, e não podemos esquecer de citar, dos colaboradores anônimos, pessoas comuns, do povo, vítimas também dessa catástrofe, que trabalham dia e noite como voluntários, ajudando as autoridades nas buscas, nas limpezas das ruas (e aí podemos falar todas as ruas da cidade), desobstruindo caminhos de acesso a lugares que ficaram isolados, etc... Essas pessoas têm contribuído e muito mesmo para que toda essa recontrução seja bem sucedida. Mas isso ainda vai levar muito tempo para a cidade voltar a ter aquela beleza de antes.
O Brasil inteiro está sensibilizado e se mobilizando, mandando donativos para as vítimas e isso para mim é um sinal de que nem tudo esta perdido e que ainda resta uma esperança.

Luiz Malvino
25jan2011

2 comentários:

Chica disse...

O nosso povo é sempre solidário...E vocês como estão? Tudo bem?abraços,chica

Anna Rachel disse...

Ólá Malvino!
Já fez 1 mês, mas meu sentimento continua o mesmo. Meu coração continua com o mesmo aperto por não saber notícias de minha família e de amigos como vcs (Norma e vc).
Estive na maioria dos bairros atingidos e posso dizer q o trabalho de voluntáris faz mesmo a diferença. Essa é uma característica do povo brasileiro.
Q tds nós estejamos na paz de Deus para seguirmos adiante e q Ele ilumine e guie os mais atingidos para q um recomeço seja vislumbrado.
Grande abraço à vc e para a Norma.