Um menino na roça

Vá menino que a chuva não vai te molhar
Vá correr por entre os abacaxisais
Vá vadiar que o dia é todo seu
Mas não te esqueças de voltar
Que a comida tá no fogo
E logo vamos "aboiar"
Aproveite o seu tempo de brincar
Amanhã será um novo dia
E o hoje não voltará

Vá subir no cajueiro
Se deliciar com o mel da cana
Vá no cháo se lambuzar

Vá menino que o campo é todo seu
Vá brincar na areia
Construir seus túneis, seus castelos...
Vá ao encontro de si
Aprenda a ser criança

Vá menino
Vá vadiar...

Mas cuidado com a cacimba !!!


Luiz Malvino
20abr2011

4 comentários:

✿ chica disse...

Quanta coisa boa para esse menino fazer. Os de hoje, da cidade, presos em apê! abraços, tudo de bom aí!chica

Tretswelt disse...

Oi Luis,vc podia fazer um apelo nacional...quem sabe assim o povo solta os" meninin" presos em casa,limpinhos,mas frustradinhos...hihi-E eu era feliz e nao sabia...oh trem bom quando chovia...
Mas antes te desejo uma pascoa abencoada de paz.Bju.Lu-

Myrian disse...

Você anda mais sentimental, mais sonhador....
Bom sinal!!!
Bjs.

jeito simples disse...

Que bom que o menino viveu as delícias de ser criança livre, pois foi assim que ele construiu o homem que você é hoje. E quem te conhece de verdade, sabe que atrás de seu sorriso encontra-se o menino Malvino. Nunca o deixe ir embora.
Ele sabe que você pode tudo. Alimente-o com seus sonhos sempre.